Segredos


A saudade de um breve instante,

Carícia triste da promessa de ser feliz.

Eis que passado já não podemos viver

O momento infinito maior do que o próprio tempo.

E no fundo do fundo dos olhos traiçoeiros

Que teimam em revelar aquilo que se deve esconder,

Eis que arde acesa a teimosa chama

De um amor tão intenso

Que só aos Deuses poderá pertencer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s