Como eu


Vaguei na imensidão dos tempos distantes,

Observando os homens e seus mundos pequenos.

Sozinha,

Sina gravada no nome,

deixei-me levar por ventos e tempestades.

E quando finalmente mergulhei no olho do furacão,

Encontrei a paz que tanto busquei,

Você estava lá

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s