Sempre perto e tão longe …


Somos o Sol e a Lua

Eternos amantes

Consumidos em sua paixão

Condenados a um breve olhar

Entre a aurora e o anoitecer

Lampejo de prazer

Sacrifício de amor

Que sustenta no firmamento

Na imensidão etílica

O frágil equilíbrio

Das sombras trêmulas ao seu redor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s