Paulo Ramos fala sobre Conselho de Comunicação Social


No início de novembro, o deputado Paulo Ramos e o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, Ernesto Viana, participaram do Programa ALERJ DEBATE, produzido pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro. Eles foram convidados para debater o projeto de lei que propõe a criação do Conselho Estadual de Comunicação Social. Pela proposta, o órgão vai ter a atribuição de orientar e fiscalizar a atuação dos meios de comunicação. Um ótimo material para reflexão, a qualquer tempo.

O vídeo do programa está disponível no site da TV ALERJ

Share

Anúncios

Qualquer dia desses…


Esse texto anda circulando pela internet. Recebi por mail, links compartilhados, e acabei parando para ler. Depois quando fui procurar sua autoria, nada.  Achei uma maneira engraçada e bem construída de nos alertar para os extremismos que vez por outra afloram em militâncias fundamentalistas.

Autor desconhecido

Outro dia estava no mercado quando vi no final do corredor um amigo da época da escola, que não encontrava há séculos. Feliz com o reencontro me aproximei já falando alto: – Oswaldo, sua bichona! Quanto tempo!!!! E fui com a mão estendida para cumprimentá-lo. Percebi que o Oswaldo me reconheceu, mas antes mesmo que pudesse chegar perto dele só vi o meu braço sendo algemado. Você vai pra delegacia! – Disse o policial que costuma freqüentar o mercado. Eu sem entender nada perguntei: Mas o que que eu fiz?

– HOMOFOBIA! Bichona é pejorativo, o correto seria chamá-lo de grande homosexual.
Nessa hora antes mesmo de eu me defender o Oswaldo interferiu tentando argumentar:
– Que isso doutor, o “Marcão quatro-olhos” aí é meu amigo antigo de escola, a gente se chama assim na camaradagem mesmo!!
– Ah, então você estudou vários anos com ele e sempre se trataram assim?
– Isso doutor, é coisa de criança!
E nessa hora o policial já emendou a outra ponta da algema no Oswaldo:
– Então você tá detido também.
Aí foi minha vez de intervir:
– Mas meu Deus, o que foi que ele fez?
– BULLYING! Te chamando de quatro-olhos por vários anos durante a escola.
Oswaldo então se desesperou:
– Que isso seu policial! A gente é amigo de infância! Tem amigo que eu não perdi o contato até hoje. Vim aqui comprar umas carnes prum churrasco com outro camarada que pode confirmar tudo!
E nessa hora eu vi o “Jairzinho Pé-de-pato” chegando perto da gente com 2 quilos de alcatra na mão. Eu já vendo o circo armado nem mencionei o Pé-de-pato pra não piorar as coisas, mas ele sem entender nada ao ver o Oswaldo algemado já chegou falando:
– Que porra é essa negão, que que tu aprontou aí?
E aí não teve jeito, foram os três parar na delegacia e hoje estão respondendo processo por HOMOFOBIA, BULLYING e RACISMO.

 Moral da história: Nos dias de hoje é um perigo encontrar velhos amigos!

Share

XV Encontro Nacional de Motociclistas em Itaboraí (RJ)


Local: Av. 22 de Maio – Rio Várzea – Itaboraí (RJ)

Programação

Dia 27/05 – Sexta-feira
10:00 h. Som com DJ MAU
14:00 h. Abertura das Exposições temáticas: Motos e bicicletas antigas e de banners históricos
20:00 h. Show com BIOKIMI-K
22:00 h. Show com DESTINO IGNORADO
00:00 h. Show com BEMOL BLUES BAND e FABINHO DO BLUES COM PARTICIPAÇÃO DE PERCY SALINAS
Dia 28/05 – Sábado
10: 00 h. Som com DJ MAU
13:00 h. Show com DJ TERRORISTA
15:00h. Acrobacias com NATÁLIA RODEIO SHOW
16:00 h. Som com DJ MAU
16:30 h. Show com CLÁSSICOS DO ROCK
18:30 h. Show com JÚLIO ROLL & BANDA
20:00 h. Acrobacias com NATÁLIA RODEIO SHOW
21:00 h. Show com CILINDRADA
22:30 h. Show com ROCK SOUND MACHINE
00:30 h. Show com CELSO BLUES BOY
02:00 h. Show com FABINHO DO BLUES TRIO
03:30 h. Encerramento
Dia 29/05 – Domingo
10:00 h. Som com DJ MAU
14:00h. Show com Renato Rio Blues
15:30h. Acrobacias com NATÁLIA RODEIO SHOW
17:00 h. Show com TEXANO
19:00h. Show com HELENA DE TROIA
21:00h. Encerramento

Vade Retro Calmaria


Enquanto essa errática capitã enlouquecia no turbilhão de trabalhos e compromissos, a pobre Nau vagava em silenciosa calmaria. Acontece que brasileiro não desiste, nem de seus sonhos nem dos projetos. E cá estou eu novamente, tentando soprar as velas e soltar os dedos em frenético teclar.  É  bom estar de volta.

Share