Se forem comprovados excessos …


Essa é a frase mais conhecida de todos nós moradores dessa Maravilhosa “Vila do Chaves”. “Se forem comprovados excessos, serão tomadas as medidas necessárias”. Mais uma vez a guarda municipal demonstra seu total e completo despreparo, sua atuação inconstitucional, e sua truculência. A Constituição prevê a possibilidade de se manter uma Guarda Municipal mas define claramente seu papel e a forma de sua atuação. A do Rio prima pelos equívocos e desvios de função e comportamento. Mas nossos amados governantes Kikobral e Eduardo Chaves insistem em fazer somente o que lhes dá na telha. Ou na pouca telha. Impressionante.

Hoje no RJTV 1ª edição assistimos mais um desmando da Guarda de Chaves. Um idoso atingido por uma arma de choque por defender seus biscoito e um homem atacado a cacetete por estar passando por ali. O rapaz que pediu para sair e agora é “comentarista” de telejornal, a todo momento tenta justificar a agressão SUGERINDO que os Guardas poderiam estar reagindo a um ataque. E criticando a população por se posicionar contrária aos desmandos da Guarda. Ora meu senhor, o combate aos vendedores ambulantes seguem normas de atuação também. É preciso inclusive que se registre um documento relatando o que está sendo apreendido. E a população será que é doida? Deixa seus compromissos, larga o que está fazendo só para agredir na mão os pobres trogloditas armados?


Eu sou favorável ao cumprimento das leis. VALENDO PARA TODOS. Mas também me revolta ver a mercadoria de quem tenta trabalhar ser tomada na mão grande, de maneira irregular e muitas vezes ser espoliada e consumida ali nas ruas mesmo, na frente de todos. Os cidadãos de bem dessa cidade estão mesmo cansados de assistir passivos a tudo isso. Eles não estão protegendo o errado, ao contrário, estão cobrando e exigindo o certo, a atuação regular, dentro das leis e em respeito ao público. A grande arma da população tem sido somente seus celulares com câmera. E a palavra. Mas ninguém é doido de partir para cima de quem está em bando e armado. Qual a desculpa então para baixar o sarrafo em quem quer que seja? Lembro bem que essa não é a primeira vez que agridem um traseunte e depois dizem que “confudiram” com camelô. Ué, em camelô pode bater? O idoso levou um choque de teaser… e se enfartasse? A idade aumenta o risco, sabiam? Não? A Prefeitura iria indenizar a família? Aliás, me pergunto, quem teve a brilhante idéia de armar a Guarda contra a população se suas funções não incluem nem investigação nem enfrentamento?

Outro dia aqui em Campo Grande aconteceu episódio semelhante, então pude logo imaginar a dinâmica do evento. Os guardas apreenderam os artesanatos de uma moça que em prantos pedia um documento para recuperar seu material depois. As pessoas que trabalhavam no local, e mesmo as que passavam no momento, cobraram a atuação LEGAL dos agentes municipais. Eles começaram a se descontrolar e ameaçar dois rapazes que citaram para eles as LEIS que estavam transgredindo, inclusive avisando que poderiam chamar a polícia para solucionar o impasse. Quando eles ameaçaram avançar nos rapazes as pessoas pegaram seus celulares e começaram a filmar, foi o momento em que pediram reforços. A população revoltada nem precisou pedir, mais e mais pessoas foram parando, sacando suas câmeras e filmando, sem dizer nada. Nervosos, alterados, ameaçando e xingando os cidadãos de bem, eles se afastaram. Levando consigo a “mercadoria” e sem emitir o solicitado registro de apreensão.

É quase patético ouvir que usaram de truculência, na Carioca e em todos os cantos da Vila, porque se sentiram ameaçados. Ameaçados por câmeras? Por palavras? Pelo café que o traseunte foi comprar? Ah, coitados, ninguém tem paciência com eles. Eles só queriam seguir o exemplo de seus mandantes: tomar posse do que lhes interessa e dispersar a gentalha.


Se forem comprovados excessos … tá bom, vou ficar esperando. Sentadinha, claro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s