Série papai é dodói – VII


Esse é praticamente um criminoso. Digo praticamente porque não sei a origem da foto, então pode ter sido tirada em um país com incentivo ao tabagismo infantil. Mas acredito que seja pouco provável existir uma insanidade dessas. A criança está suja, descabelado e ainda posa com cigarro na boca. Parece resultado de um papai sem noção tomando conta da filhota sozinho pela primeira vez na vida. Muito sem noção mesmo, porque se essa foto existe provavelmente é porque ele achou graça e tirou!

Imita papai filhota... como é que papai faz??

Share

Anúncios

Meu querido Scooby


Eu apóio a adoção de animais. Participo de páginas de grupos que se organizam para buscar novos lares para nossos companheiros abandonados. Eu acredito nessa iniciativa, muito mesmo. Sou contra o aprisionamento de animais silvestres e o abandono dos animais domésticos. E tento colaborar como posso, conforme vão surgindo as oportunidades.

Adoro cumprimentos!

Aqui em casa a coisa aconteceu  de um jeito um pouco diferente, até inusitado. Nós é que fomos adotados pelo nosso querido, e já velhinho, Scooby. É uma história um tanto inusitada, mas se tiver a paciência de ler, garanto sua total veracidade.

Havíamos nos mudado de um apartamento para uma casa e ainda estávamos nos ambientando. Eu estava de férias e aproveitava os fins de tarde para cuidar das plantas e relaxar um pouco. Uma dessas tardes eu vi alguns cães soltos subindo a rua, mas não me preocupei. Alguns vizinhos às vezes deixavam os cães soltos enquanto estavam nas calçadas. O maior deles veio até meu portão e tentou insistentemente abrir. Pelo tamanho dele fiquei um pouco receosa de me aproximar já que nunca o tinha visto. Ele me viu no quintal e insistiu em raspar o portão. Depois desistiu e foi embora com o resto do grupo. Quando meu marido chegou comentei com ele a estranha insistência. Chegamos a conclusão de que ele talvez conhecesse a casa ou os antigos moradores. Naquela semana ele voltou a aparecer mais umas três vezes e eu comecei a ficar intrigada com aquilo. Continue lendo

Série Papai é dodói – VI


Passeio no parque, domingo feliz. Papai resolve tirar uma foto para levar de lembrança. Quer melhor cenário para seu tigrão do que esse? Segurando a corrente do leão… coisa de macho! O pobrezinho chora desesperado. Já deve ter rolado uns gritos ou uma chantagem emocional básica, é claro. Ninguém socorre a pobre criança, que crueldade. Depois quando ele crescer e detestar animais a ulpa é de quem??

É gatinho filho... é Rei Leão hehe, ri pro papai e faz carinho no gatinho

Share

Série Papai é dodói – V


A pobrezinha deve ter implorado para não sair de casa. “Pai essa roupa tá me incomodando, eu quero poder brincar…” . Perceba que enquanto ele sorri e se exibe, ela segue de cabeça baixa demonstrar o menor entusiasmo.

Viu como papai sabe das coisas...tá todo mundo te admirando filhota!

Share

Série Papai é dodói – IV


Imagina comigo… A mãe precisa ir a um compromisso e pede ao pai largadão para cuidar da filhota. Pensando no bem estar da menor, papai decidi levar ela para pegar um solzinho enquanto ele pega ondas iradas. Quando ele resolve que é hora de voltar para casa a criança está desse jeito. Será que ele faz idéia da dor que ela está sentindo??

Ai como tá linda a princesa do pai! Toda coradinha de praia!

Share

Série Papai é dodói – III


Nem duvido que em tempos de Copa essa cena familiar seja bem comum. Percebam que na mesinha, caneco e copo dividem espaço com outra mamadeira, já vazia. Tudo preparado para não perder nenhum lance. Se ele não tem medo da criança engasgar? Que nada, isso é mito. Afinal ele mesmo já bebeu deitado e não aconteceu nada.

Toma nenê, bebe tudinho pra mamãe deixar papai ver o jogo.

Série Papai é dodói – II


Claro que o neném sorri. Ele nem imagina o que pode acontecer com ele se a roupa rasgar, se escorregar, se o gancho ceder, entre outras grandes chances de algo dar errado. Ele só sabe que está solto no ar e o adulto que tirou a foto está rindo para ele. Isso lhe parece muito bom, está sendo a “gracinha” do papai.

Neném tá voando...eeeeehhhhhh...tá voando nenê de papai?