Se entender pode rir…


Tudo a ver com o Dia dos Advogados: uma verborragia rebuscada para disfarçar incrementar a simplicidade das ações e da própria vida.

Dois zeladores do fórum, muito caipiras mas extremamente observadores, numa certa manhã de pouco serviço, depois de vinte anos de trabalho no local, habituados aos linguajar forense, postaram-se a prosear:

– Compadre João, hoje amanheci agravado. Tentei embargar esse meu sentimento retido, até que decaí. “Cassei” uma forma de penhorar uma melhora, arrestar um alento, seqüestrar um alívio, mas a dor fez busca e a apreensão da minha felicidade. Tive uma conversa sumária com a minha filha sobre o ordinário do noivo dela. Disse que vou leva aquele réu pro Fórum, seja em que foro for. Vou pedir ao Juízo, ao Ministério Público, de qualquer instância ou entrância. Não importa a jurisdição, mas esse ano aquele condenado casa. Continue lendo

Anúncios

Não faz gambiarra que piora!


Em uma planície, viviam um Urubu e um Pavão. Certo dia,  o Pavão refletiu:
Sou a ave mais bonita do mundo animal, tenho uma plumagem colorida e exuberante, porém nem voar eu posso, de modo a mostrar minha beleza. Feliz é o Urubu que é livre para voar para onde o vento o levar.

O Urubu, por sua vez, também refletia no alto de uma árvore:  Que infeliz ave sou eu, a mais feia de todo o reino animal e ainda tenho que voar e ser visto por todos.

Quem me dera ser belo e vistoso tal qual aquele Pavão.

Foi quando ambas as aves tiveram uma brilhante idéia em comum e se juntaram para discorrer sobre ela: cruzar-se seria ótimo para ambos, gerando um descendente que voasse como o Urubu e tivesse a graciosidade de um Pavão…

Então cruzaram… e nasceu o peru … QUE É FEIO PRA CARAMBA E NÃO VOA!!!

Moral da história: “- Se tá ruim, não faz gambiarra que piora!!”

Share

Todo homem precisa …


Todo homem precisa de uma mulher lutadora.
Todo homem precisa de uma mulher safada na cama.
Todo homem precisa de uma mulher que o ame.
Todo homem precisa de uma mulher que o satisfaça em todos os sentidos.
Todo homem precisa de uma mulher inteligente.
Todo homem precisa de uma mulher sensual.
Todo homem precisa tomar cuidado para que nenhuma saiba da outra.

Share

O Cunhado


Em São Paulo, um cara passou mal no meio da rua, caiu, e foi levado para o setor de emergência de um hospital particular, pertencente à Universidade Católica, e administrado totalmente por Freiras.

Lá, verificou-se que teria que ser urgentemente operado no coração, o que foi feito com êxito.

Quando acordou, a seu lado estava a Freira responsável pela tesouraria do hospital e que lhe disse prontamente:

– Caro Senhor, sua operação foi bem sucedida e o Senhor está salvo. Entretanto, um assunto precisa sua urgente atenção: como o Senhor pretende pagar a conta do hospital? O Senhor tem seguro-saúde?

– Não, Irmã.

– Tem cartão de crédito?

– Não, Irmã.

– Pode pagar em dinheiro?

– Não tenho dinheiro, Irmã.

– Em cheque, então?

– Também não, Irmã.

– Bem, o senhor tem algum parente que possa pagar a conta?

– Ah… Irmã, eu tenho somente uma irmã solteirona, que é freira, mas não tem um tostão.

E a Freira:

– Desculpe que lhe corrija, mas as freiras não são solteironas, como o senhor disse. Elas são casadas com Deus!

– Magnífico! Então, por favor, mande a conta pro meu cunhado!

E foi então, que nasceu a expressão: “Deus lhe Pague”.

Share

O amor é lindo!!!


Uma velhinha de 80 anos foi presa por estar roubando no supermercado. Quando foi levada à presença do Juiz, ele perguntou a ela: – O que a senhora roubou ?
E ela respondeu: – “Uma lata pequena de pessegos.”

O Juiz perguntou o motivo dela ter roubado a lata pequena de pessegos e ela respondeu que estava com fome.

O Juiz então perguntou a velha senhora quantos pessegos tinha dentro da lata. Ela disse que tinha 6.

O Juiz proferiu a sentença: – “Eu vou prender a senhora por 6 dias.”
Mas, antes que o Juiz pudesse terminar,o velhinho, marido da velhinha, perguntou se poderia falar sobre o acontecido.

O Juiz disse que sim e perguntou o que ele queria dizer.
Aí, o marido da velhinha disse:
“Ela também roubou uma lata de ervilhas….”

Share

Qualquer dia desses…


Esse texto anda circulando pela internet. Recebi por mail, links compartilhados, e acabei parando para ler. Depois quando fui procurar sua autoria, nada.  Achei uma maneira engraçada e bem construída de nos alertar para os extremismos que vez por outra afloram em militâncias fundamentalistas.

Autor desconhecido

Outro dia estava no mercado quando vi no final do corredor um amigo da época da escola, que não encontrava há séculos. Feliz com o reencontro me aproximei já falando alto: – Oswaldo, sua bichona! Quanto tempo!!!! E fui com a mão estendida para cumprimentá-lo. Percebi que o Oswaldo me reconheceu, mas antes mesmo que pudesse chegar perto dele só vi o meu braço sendo algemado. Você vai pra delegacia! – Disse o policial que costuma freqüentar o mercado. Eu sem entender nada perguntei: Mas o que que eu fiz?

– HOMOFOBIA! Bichona é pejorativo, o correto seria chamá-lo de grande homosexual.
Nessa hora antes mesmo de eu me defender o Oswaldo interferiu tentando argumentar:
– Que isso doutor, o “Marcão quatro-olhos” aí é meu amigo antigo de escola, a gente se chama assim na camaradagem mesmo!!
– Ah, então você estudou vários anos com ele e sempre se trataram assim?
– Isso doutor, é coisa de criança!
E nessa hora o policial já emendou a outra ponta da algema no Oswaldo:
– Então você tá detido também.
Aí foi minha vez de intervir:
– Mas meu Deus, o que foi que ele fez?
– BULLYING! Te chamando de quatro-olhos por vários anos durante a escola.
Oswaldo então se desesperou:
– Que isso seu policial! A gente é amigo de infância! Tem amigo que eu não perdi o contato até hoje. Vim aqui comprar umas carnes prum churrasco com outro camarada que pode confirmar tudo!
E nessa hora eu vi o “Jairzinho Pé-de-pato” chegando perto da gente com 2 quilos de alcatra na mão. Eu já vendo o circo armado nem mencionei o Pé-de-pato pra não piorar as coisas, mas ele sem entender nada ao ver o Oswaldo algemado já chegou falando:
– Que porra é essa negão, que que tu aprontou aí?
E aí não teve jeito, foram os três parar na delegacia e hoje estão respondendo processo por HOMOFOBIA, BULLYING e RACISMO.

 Moral da história: Nos dias de hoje é um perigo encontrar velhos amigos!

Share

Solução criativa


Um amigo vai visitar o outro recém-casado e observa a varanda redonda, a sala redonda, os quartos redondos, os banheiros redondos, enfim, tudo redondo, até mesmo a cozinha era redonda. Ele exclama:
– Que inovação! Seu arquiteto foi muito ousado!!!
E ele todo orgulhoso:
– Tive esta idéia quando falei com minha noiva que iria construir uma casa e minha sogra pediu para arrumar um CANTINHO pra ela…

Share