Instrutor de Informática – São Paulo


Aldeias Infantis SOS Brasil seleciona para atuar como Instrutor de Informática.

Perfil: Idade entre 18 e 24 anos. Segundo grau completo. Conhecimentos básicos em inglês. Conhecimento intermediário em hardware e manutenção, básico em redes, intermediário em Internet, word e excel.

Atividades: Atuar como instrutor em uma sala com 10 alunos, guiando-os em um treinamento com uma parte online e outra prática. O instrutor será responsável pela gestão da sala e também pela gestão de um sistema onde serão registradas todas as atividades da sala e o desempenho dos alunos.

Carga horária prevista de 220hs / mês.

Interessados enviar CV para ti@aldeiasinfantis.org.br

Local São Paulo-Zonal Sul

Share

Coordenador de Programas Sociais – São Paulo


As Aldeias S.O.S. Brasil procura profissional para atuar como coordenador de Programas Sociais  em São Paulo.

Atividades: Responsável por gestão social, coordenação de projeto social, abrigos, relacionamento com educadores, aplicação de treinamento e desenvolvimento para cuidados pedagógicos. Ter conhecimento nas legislações vigentes para Atuar com ênfase no do Estatuto da Criança e do Adolescente, Plano Nacional de Convivência Familiar e Comunitária e Lei da Adoção.

Experiência gerencial/ coordenação em programas sociais e para educação comunitária. Ensino Superior completo. Conhecimento intermediário em espanhol e básico em inglês.

Benefícios: Assistência Médica / Medicina em grupo, celular fornecido pela empresa.

Regime de contratação: CLT (efetivo).

Informações adicionais: É imprescindível ter disponibilidade para morar no local. Preferencialmente masculino.

Benefícios extras: residência no local, pagamento de contas básicas (água/ luz). Disponibilidade para viagens e disponibilidade de horário.

Os interessados enviar CV para debora.santos@aldeiasinfantis.org.br

Share

Cuidadora Residente/Mãe Social- São Paulo


As Aldeias S.O.S. Brasil, organização do terceiro setor seleciona pessoas interessadas em trabalhar com crianças e adolescentes. Desejável ensino médio. É necessário possuir disponibilidade para MORAR no Local.

Vaga CLT, convenio médico, moradia e alimentação gratuita. Os interessados podem enviar seu Curriculo para renata.franca@aldeiasinfantis.org.br ou entrar em contato com fones (11) 5661 6179/ 11 56610026. ( falar com Fabiana ou Renata)

Share

Estágio em Projeto Social – RJ


Via 3Setor

O Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável – CIEDS – seleciona alunos de Graduação para estágio no municipio do Rio de Janeiro. As inscrições podem ser feitas até o dia 11 de Fevereiro de 2011. O candidato precisa ter disponibilidade para jornada diária de seis horas, excelente conhecimento de informática (pacote Office), gostar de escrever, interesse em atuar no Terceiro Setor e previsão para conclusão da graduação entre Julho de 2012 e Julho de 2013.

Para alunos de comunicação social é necessário domínio intermediário dos programas de edição de imagem (Photoshop), Webdesing (Dreamweaver) e gráficos (CorelDraw, InDesing ou Illustrator), boa redação e fluência verbal.

Área de atuação: Gestão de Projetos Sociais. (Elaboração, Execução, Monitoramento e Avaliação de Projetos Sociais).

Áreas de formação: Ciências Sociais, Serviço Social, Administração, Economia, Ciências Contábeis, Sociologia e Comunicação Social.

Carga Horária Semanal: 30 horas

Bolsa Auxilio: R$ 600,00 + VT

Os interessados nas vagas devem encaminhar currículo para o  email: selecao@cieds.org.br . Maiores informações, consultem o site do CIEDS.

Share

Mentiras e solidão – parte II


Já faz um tempinho que eu escrevi aqui sobre como as mentiras podem levar o ser humano a ficar cada vez mais solitário. Continuei pensando nesse assunto e percebi que nossa época criou novos formatos de mentiras e mentirosos. Pessoas mentem por solidão. Como? Com pequenas inverdades ou grandes fantasias. Para ser aceita, se destacar ou apenas dar sentido a vida. Eu não sei ao certo. Mas isso acontece muito. Acho que já mencionei que sou uma pessoa muito observadora e uma boa ouvinte. Talvez por perceber que eu ouço com atenção, as pessoas costumam puxar conversa. Desde um bom e velho amigo até um estranho em uma fila. Eu não me incomodo, até gosto. Já conheci boas pessoas assim, em uma boa conversa. Mas já ouvi muita fantasia também. Digo fantasia porque algumas histórias extrapolam os limites da mentira. São verdadeiros “causos” urbanos. Quase impossível conter o sorriso incrédulo em meio a apaixonada narrativa.

Esses dias fui encontrar alguns amigos. Logo apareceram conhecidos, e  os conhecidos dos conhecidos, e foram se juntando ao que antes era um pequeno e reservado grupo. Não nos tornamos uma multidão, mas já era um número suficiente de pessoas para haver as conversas paralelas. Antes do fim da noite eu já havia constatado uns seis mentirosos sociais, sendo dois deles na categoria “educação/desconforto”, um na categoria “status/poder” e os outros três na categoria livre mesmo. Para premiar a noite tínhamos entre nós também um incrível e carismático mentiroso compulsivo. Continue lendo